LOGIN:

Digite seu email:
Senha:
Esqueceu a senha? Cadastre-se grátis


Plano de emagrecimento

FERRAMENTAS
& TABELAS


PLANO DE
EMAGRECIMENTO
SUADIETA

Plano de Emagrecimento

faixa_saude.png

10 ALIMENTOS QUE CAUSAM ESTRESSE

10 alimentos que causam estresse

Doença pode estar ligada à quantidade de radicais livres presentes no organismo.


Imprimir
enviar por email
Compartilhe:

Muito se fala sobre as consequências da ingestão de certos alimentos: dizem que alguns combatem o câncer, outros colaboram para doenças renais, muitos causam gastrite, entre outras complicações. E não poderia ser diferente com o estresse.

Segundo a nutricionista Lílian Assis, responsável pelo Plano de Emagrecimento Suadieta, “o estresse também está ligado à quantidade de radicais livres presentes no corpo, o que chamamos de estresse oxidativo. Estes radicais livres são os principais causadores de doenças crônicas, como hipertensão e câncer, por exemplo, e de envelhecimento precoce”.

Confira uma lista com 10 alimentos que causam estresse:


Açúcar – A ingestão do açúcar cria um impulso de energia no organismo. No entanto, este impulso é temporário, e logo em seguida esse nível calórico baixa, criando uma sensação de fome, quando na verdade o que se tem é uma hipoglicemia. Isso ocorre porque o corpo libera muita insulina no sangue de uma só vez, em uma tentativa de baixar o nível de açúcar.
- Recomendação de consumo: 25% do valor diário de calorias, lembrando que 1 colher de chá de açúcar tem 40 kcal. Também não se deve esquecer que muitos produtos industrializados têm açúcar em sua composição.

Refrigerantes – Os refrigerantes têm um nível elevado de açúcar e cafeína, além de uma enorme quantidade de corantes artificiais e sulfitos. Além disso, é uma bebida extremamente ácida, o que pode comprometer a saúde do estômago. O excesso de fósforo de algumas dessas bebidas também pode fazer com que os ossos percam o cálcio, causando, em alguns casos, a Osteoporose. As altas quantidades de sódio também podem prejudicar os rins.
- Recomendação de consumo: Um copo, uma vez por semana. Substituir por sucos, água ou chás.

Cafeína – Não só no café encontramos a cafeína, mas em diversos chás, refrigerantes e chocolates. A cafeína aumenta os níveis de estresse, porque estimula o sistema nervoso central. O humor também é afetado, se tornando hiperativo, instável e irritadiço. Além disso, há uma tendência a tomarmos essa bebida quando estamos estressados, pois ela age como um estimulante. No entanto, se quiser relaxar, passe longe do café.
- Recomendação de consumo: Até três xícaras (50ml) ao dia.


Rosquinhas – Quase metade da composição dos donuts é de gorduras trans, a pior gordura que pode ser ingerida. Essa substância está relacionada às doenças cardíacas e cerebrais, além do Câncer. Além disso, esses alimentos são repletos de aditivos, conservantes e açúcar, e são ricos em calorias.
- Recomendação de consumo: Uma ou duas vezes por semana.


Álcool - Este vilão pode iludir muita gente. Muitas pessoas recorrem a ele justamente quando mais precisam relaxar. No entanto, o álcool tem efeitos como a interrupção do sono, o desgaste do fígado, a desidratação e o estímulo às glândulas supra-renais, o que eleva o nível de estresse e insônia. Além de provocar uma falsa sensação de bem estar e uma frustração quando os efeitos passam e seus problemas continuam no mesmo lugar.
- Recomendação de consumo: Para mulheres, uma dose, e para os homens, duas doses.

Alimentos industrializados: Altamente processados, como qualquer coisa feita com farinha branca, esses alimentos esgotam todos os nutrientes naturais dos alimentos. Além disso, a estocagem deles nem sempre é feita de maneira correta, o que pode acarretar inúmeras complicações na hora da ingestão.
- Recomendação de consumo: Procurar os alimentos feitos com farinha integral, aveia, sem gorduras trans e com adição de vitaminas, minerais e fibras.

Processados - o consumo diário de carnes processadas, como bacon e salsicha, pode aumentar o risco de doenças cardíacas e de diabetes, sem contar o risco de desenvolver câncer no Pâncreas. Além disso, esses alimentos contêm muito sódio, que eleva a pressão arterial, e nitrito de sódio, uma substância cancerígena.
- Recomendação de consumo: Evitar de forma rígida o consumo dessas carnes, substituindo por opções frescas.

Sorvetes – Os sorvetes entram na lista por possuírem, em sua maioria, uma quantidade considerável de gorduras Trans, corante e açúcar.  Alguns tipos ainda possuem toxinas que podem comprometer o funcionamento do cérebro e do sistema nervoso.        
 - Recomendação de consumo: Dar preferência aos sorvetes naturais, de frutas e feitos artesanalmente.

Queijo amarelo – Os queijos amarelos possuem uma grande quantidade de corantes, que provocam enxaquecas e outras complicações. O que pode ser mais estressante do que uma dor de cabeça?
- Recomendação de consumo: Substituir os queijos amarelos por queijos brancos, como a ricota, cottage e o queijo minas.

Batata frita – Além da vilã que é a gordura Trans, as batatas, quando são aquecidas em temperaturas muito altas, produzem uma substância chamada Acrilamida, que também é responsável pelo câncer. Sem contar com o óleo, que pode agravar problemas cardíacos e elevar o nível de colesterol.
- Recomendação de consumo: Evitar as batatas fritas e dar preferência às assadas e cozidas.



ATENÇÃO!

Todas as informações sobre dieta, serviços de dieta e atividades físicas oferecidos pelo Suadieta não substituem a dieta, o acompanhamento e as atividades físicas prescritos por profissionais de saúde como: médicos, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física, respectivamente.

A dieta proposta pelo Suadieta é pessoal e intransferível, ficando o usuário responsável por qualquer divulgação da dieta a terceiros.

© Suadieta - Todos os direitos reservados

Servidor:FUNIL2