LOGIN:

Digite seu email:
Senha:
Esqueceu a senha? Cadastre-se grátis


Plano de emagrecimento

FERRAMENTAS
& TABELAS


PLANO DE
EMAGRECIMENTO
SUADIETA

Plano de Emagrecimento

faixa_saude.png

DIA NACIONAL DE PREVENÇÃO E COMBATE À SURDEZ: SAIBA COMO TER UMA BOA AUDIÇÃO

Dia Nacional de Prevenção e Combate à surdez: saiba como ter uma boa audição

Dia Nacional de Prevenção e Combate à surdez merece uma atenção especial. Conheça algumas medidas essenciais de prevenção!


Imprimir
enviar por email
Compartilhe:

Neste dia 10 de novembro, o país alerta a população sobre a importância das ações de combate e prevenção à surdez. De acordo com especialistas, até quando estamos dormindo nossos ouvidos estão em ação. A todo o momento os ouvidos recebem algum estímulo e poucos são os momentos em que há silêncio total para dar um descanso a eles. Aproveitando o Dia Nacional de Prevenção e Combate à surdez, é fundamental saber cuidar dos seus ouvidos.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), pelo menos 800 milhões de pessoas sofrem alguma perda auditiva no mundo. Algumas medidas de prevenção são essenciais para manter uma audição saudável. São elas:

1 – Respeite os intervalos de repouso sonoro quando a exposição a altos níveis de intensidade é constante;

2 – Use protetores auditivos quando recomendado, principalmente em locais de trabalho que causam risco à audição pela exposição a altos níveis de intensidade sonora;

3 - Objetos pontiagudos devem estar sempre afastados do ouvido;

4 – O cotonete deve ser usado para limpeza do excesso de cera na parte mais externa do ouvido e para secar a orelha. Jamais deve ser introduzido no canal;

5 – Evite a automedicação;

6 – Evitar a exposição prolongada a sons em forte intensidade. Para isso, controle o volume do seu MP3, TV ou som do carro.

Estudos indicam que cerca de 15% da população, com idade entre 20 e 69 anos, têm perda auditiva por exposição a sons altos ou ruído no trabalho ou em atividades de lazer. "É importante consultar o otorrinolaringologista se houver dor, desconforto ou perceber alguma alteração, para verificar se não há obstrução no ouvido e se há a necessidade de avaliação audiológica. Esta avaliação, que é feita pelo fonoaudiólogo, irá constatar se há ou não perda auditiva e o tipo de perda. O tratamento, de acordo com o caso, pode ser feito com medicação ou pode ser indicado o uso de uma prótese auditiva", disse a fonoaudióloga Carla Baggio.
 
"E as pessoas que fazem natação devem ter um cuidado especial com o ouvido – o ideal. O contato freqüente com a água pode causar obstrução e infecção", completou.



ATENÇÃO!

Todas as informações sobre dieta, serviços de dieta e atividades físicas oferecidos pelo Suadieta não substituem a dieta, o acompanhamento e as atividades físicas prescritos por profissionais de saúde como: médicos, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física, respectivamente.

A dieta proposta pelo Suadieta é pessoal e intransferível, ficando o usuário responsável por qualquer divulgação da dieta a terceiros.

© Suadieta - Todos os direitos reservados

Servidor:APP