LOGIN:

Digite seu email:
Senha:
Esqueceu a senha? Cadastre-se grátis


Plano de emagrecimento

FERRAMENTAS
& TABELAS


PLANO DE
EMAGRECIMENTO
SUADIETA

Plano de Emagrecimento

faixa_beleza.png

SARDAS BRANCAS: PREVENÇÃO É O MELHOR TRATAMENTO

Sardas brancas: prevenção é o melhor tratamento

As sardas brancas ocorrem devido à grande exposição aos raios solares. Saiba mais sobre as sardas.


Imprimir
enviar por email
Compartilhe:

Há quem ache sardinhas espalhadas pelo corpo um charme. Por outro lado, existem pessoas que não gostam e ficam preocupadas com as famosas pintinhas, sejam elas brancas ou mais escuras. De acordo com o dermatologista da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro, Leonardo Spagnol Abraham, as sardas não são malignas, mas servem de alerta para triplicar os cuidados com a exposição solar.

Segundo o especialista a “sarda branca” ou leucodermia gutata ocorre devido à exposição ao sol durante anos. Segundo Leonardo Spagnol Abraham, o melanócito (célula que produz a melanina) morre e aquele local fica branco, causando a “sarda”. Já as sardas ou efélides são manchas, menores de 5mm de diâmetro, causadas pelo aumento da melanina (pigmento que dá cor à pele), que aparecem em áreas expostas ao sol em pessoas de pele muito clara e nos ruivos

É importante saber que as sardas só aparecem em pacientes predispostos que se expõem ao sol. Ainda de acordo com o especialista, elas costumam dar o ar da graça nas áreas que ficam expostas aos raios solares, geralmente na face e tronco.

Para evitar o surgimento das sardas, sejam elas claras ou escuras, é necessário usar e abusar da proteção solar, chapéu e guarda-sol, evitar o sol entre 10h e 16h e, também, o filtro solar. Este último deve ser reaplicado de 2/2h, sempre que se estiver diretamente exposto ao sol.

Tratamento

O dermatologista da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro explica que no caso das efélides é possível usar clareadores ou o uso da Luz Intensa Pulsada (LIP), um tipo de laser. “Já no caso das sardas brancas não temos muito o que fazer, mas podemos tentar a repigmentação estimulando com a crioterapia, mas os resultados não são muito positivos. O melhor tratamento é a prevenção”, afirmou o especialista.

Câncer de pele

O médico Leonardo Spagnol Abraham explica, ainda, que as eféllides não são maléficas, mas sim o excesso de sol, que pode provocar câncer de pele e envelhecimento precoce.

Na hora de escolher um clareados de manchas todo o cuidado é pouco

Cuidado com a pele na terceira idade é fundamental

Manchas na pele


Busca
Top 10 - Matérias
Confira aqui
Top 10
Novas Receitas
Ver novas

ATENÇÃO!

Todas as informações sobre dieta, serviços de dieta e atividades físicas oferecidos pelo Suadieta não substituem a dieta, o acompanhamento e as atividades físicas prescritos por profissionais de saúde como: médicos, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física, respectivamente.

A dieta proposta pelo Suadieta é pessoal e intransferível, ficando o usuário responsável por qualquer divulgação da dieta a terceiros.

© Suadieta - Todos os direitos reservados

Servidor:FUNIL2