LOGIN:

Digite seu email:
Senha:
Esqueceu a senha? Cadastre-se grátis


Plano de emagrecimento

FERRAMENTAS
& TABELAS


PLANO DE
EMAGRECIMENTO
SUADIETA

Plano de Emagrecimento

faixa_saude.png

METADE DOS BRASILEIROS COM GLAUCOMA NÃO SABEM QUE ESTÃO COM A DOENÇA

Metade dos brasileiros com glaucoma não sabem que estão com a doença
Causada por uma lesão do nervo óptico relacionada à pressão ocular alta, o glaucoma é uma enfermidade crônica que não tem cura, mas, na maioria dos casos, pode ser controlada com tratamento adequado e contínuo. 
Imprimir
enviar por email
Compartilhe:
O Glaucoma é uma doença ocular capaz de causar cegueira se não for tratada a tempo. . Segundo estimativas da Sociedade Brasileira de Oftalmologia , 80% dos glaucomas não apresentam sintomas no início da doença. O órgão estima ainda que deve haver cerca de um milhão de portadores da doença, que é a segunda maior causa de cegueira no mundo – perdendo apenas para a catarata.

Causada por uma lesão do nervo óptico relacionada à pressão ocular alta, o glaucoma é uma enfermidade crônica que não tem cura, mas, na maioria dos casos, pode ser controlada com tratamento adequado e contínuo. Quanto mais precoce for o diagnóstico, maiores serão as chances de se evitar a perda da visão. Porém, muitas vezes o diagnóstico é feito tardiamente, já que 50% dos portadores desconhecem a doença.

“O glaucoma não apresenta um sinal claro, sendo silencioso no início. O problema vai crescendo e, aos poucos, a pessoa vai perdendo a visão periférica. Quando a visão central é acometida, o campo visual vai se fechando e não tem como recuperar a visão. Alguns pacientes podem manifestar crises no início, apresentando vista embaçada ou perda súbita da visão, dor forte no olho, dor de cabeça, formação de auréolas de arco-íris ao redor de luzes, náuseas e vômitos”, afirma Dr. Fauze Abdulmassih Gonçalves, médico do departamento de Glaucoma, Catarata e Cirurgia Refrativa do HCO – Centro Completo de Oftalmologia.

Existem fatores de risco que favorecem o aparecimento da doença, por exemplo: idade avançada, hipertensão ocular, miopia elevada, raça negra e hereditariedade. “É importante frisar que o problema, se descoberto no início, pode se tratado com colírios que façam baixar a pressão, por isso, é importante manter um check-up regular com oftalmologista”, explica.

Alimentação adequada
Um estudo conduzido na Harvard Medical School (Estados Unidos) chegou à conclusão de que comer verduras diariamente pode baixar o risco de desenvolver glaucoma em 20% ou mais ao longo da vida. “De modo geral, tudo o que faz mal à saúde e à boa forma como um todo também prejudica a visão. Do ponto de vista da saúde ocular, é possível ingerir alimentos que de fato contribuem para enxergar bem, como: cenouras, folhas verdes, ovos, frutas vermelhas ou cítricas e peixes”, finaliza o médico.



ATENÇÃO!

Todas as informações sobre dieta, serviços de dieta e atividades físicas oferecidos pelo Suadieta não substituem a dieta, o acompanhamento e as atividades físicas prescritos por profissionais de saúde como: médicos, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física, respectivamente.

A dieta proposta pelo Suadieta é pessoal e intransferível, ficando o usuário responsável por qualquer divulgação da dieta a terceiros.

© Suadieta - Todos os direitos reservados

Servidor:APP